“No momento do parto a hipnose auxilia na diminuição da ansiedade e no controle na dor, ajudando inclusive na diminuição do uso de medicamentos para dor.”
Renata Stulp Scheide

Arquivo pessoal Renata Stulp Scheide

Renata conquistou renome com atendimentos de Hipnoterapia, possui consultório particular em Itajaí com atendimento Individual e também Terapia para Casais e grupos. Ela é formada em Psicologia com especialização em Terapia Relacional Sistêmica. Possui formação em Hipnoterapia Cognitiva, em Programação Neurolinguística e também fez curso de Hipnose Obstétrica. Atualmente, está cursando pós-graduação em Neuropsicologia.

Quando pensamos em hipnose, logo vem à cabeça aquelas imagens de técnicas de regressão ou de profissionais fazendo os voluntários comerem cebola pensando que é maçã, etc. Mas o que muitos não sabem, é que a Hipnose vai muito além disso, a psicóloga Renata Stulp Scheide, grávida do seu primeiro filho: Gabriel, irá comentar quais os benefícios desta técnica voltada para a maternidade e como se beneficiar da melhor maneira possível dela, fazendo com que esta fase venha com muitos mais momentos leves e agradáveis.

Nos conte um pouco sobre este universo da Hipnose na Maternidade…

A Hipnose é utilizada principalmente no controle da ansiedade, que é um dos sintomas bem característicos das gestantes, e ajuda também nos demais sintomas como: problemas com o sono, instabilidade emocional e, principalmente, na preparação para o parto.

O que muda no psicológico de uma mulher quando ela vira mãe?

Acredito que o amor, a capacidade de amar é multiplicada. Isso reflete também na questão da empatia, da habilidade de se colocar no lugar do outro.

No que a hipnose pode ajudar a mãe na hora do parto e após este momento?

No momento do parto a hipnose auxilia na diminuição da ansiedade e no controle na dor, ajudando inclusive na diminuição do uso de medicamentos para dor. Pesquisas indicam que 50 % das mulheres que fizeram hipnose complementar à peridural tiveram uma redução de 75 % nas doses de anestésico local utilizado. Após o parto, a hipnose também ajuda preparando a mãe para o aleitamento materno, fase em que a ansiedade pode atrapalhar, por exemplo, na quantidade de leite.

Com quantas semanas de gestação a mãe poderá procurar um profissional e se beneficiar melhor com a hipnose?

A partir de 24 semanas de gestação.

A hipnose pode ser usada em bebês para acalmá-los? Há alguma técnica que pode ser feita pela mãe/pai?

A hipnose não é realizada em bebês. Mas estudos comprovam que se a mãe se utilizou da hipnose durante a gestação, ela tem uma probabilidade maior de ter bebês mais calmos.

Você já está utilizando técnicas de hipnose na sua gestação? Pode citar algumas?

Sim, estou usando para o controle da ansiedade, controle de enjoos e controle do sono durante o dia. Agora que estou na reta final, a técnica que tenho utilizado atualmente é a técnica de visualização do parto normal tranquilo e da amamentação.

Você acha que a maternidade está te ajudando a ser uma melhor profissional? 

Uma experiência tão grandiosa e linda como essa, sempre nos torna melhores. Estou me divertindo muito vivendo aquilo que minhas clientes me contavam. Acabo lembrando de muitas delas no meu dia a dia. Acredito que o que melhorou foi meu nível de felicidade. E, quanto mais feliz, uma melhor pessoa e um melhor profissional você vai ser.

Já sente alguma mudança entre a mulher de agora Mãe e a mulher de antes de engravidar?

Eu me sinto mais feliz, mais afetuosa e com um amor imenso dentro de mim.

Como você gostaria que seu filho se lembrasse de você no futuro?

Como uma mãe carinhosa que brincou muito com ele e também que colocou limites nos momentos necessários.

Para você, ser Mãe de Salto Agulha é…

Uma mãe que busca ao máximo o equilíbrio em meio a essa vida de tantas tarefas. É ser mãe, sem deixar de lado ser mulher, esposa, profissional. Sei que esse é um grande desafio para todas nós.

Arquivo pessoal Renata Stulp Scheide