Sabe aqueles dias em que você escuta uma música e ela te enche de paz? Aquela sensação gostosa de estar preenchida, se sentir amada, sentir que o céu é o limite e que nada é impossível?

Pois é, tenho me sentido assim…. Nem vou falar muito alto!! Hehehehe

Mas, não sei se é porque estou longe de todos os que eu amo, e falo com eles com mais frequência do que antes, não sei se é porque estou morando em um lugar onde nos finais de semana sinto que estou em um paraíso (final de semana é quando saímos para passear), não sei se é porque estamos REALMENTE aproveitando os momentos livres para fazer algo e não apenas deixando a vida passar! Ou porque descobrimos que não precisamos de muita coisa (bem materiais) para sermos felizes!

Sabe quantas vezes eu e meu marido brigamos nestes 3 meses que estamos morando fora do Brasil? Nenhumaaaaaaaaa, tivemos sim algumas discussões, mas em 5 minutos estávamos de acordo… Geralmente ficávamos 2 dias brigados, até um ceder, ter aquele chororô e aí sim nos acertávamos….

Acho que realmente estamos mais unidos, mais parceiros, mais compreensíveis, afinal é só nós dois né? (E o Kakinho, é claro) e agora fazendo o update deste texto: o baby Felipe!!!! eeeeeeeeeeeee)

Não canso de dizer que sou do MUNDO, quero explorar este mundão a fora e trazer novas histórias sempre que puder!!  Acho que quando estamos fora, temos mais coragem de tentar mais e se errar tudo bem, estamos fora, ninguém nos conhece e vamos levantar de novo e tentar outra coisa….

Fazer o que gosta…. pois é isto é algo que sempre procurei saber o que era! Sim, quem me conhece sabe da minha busca incessante atrás da minha “missão” aqui na Terra! Sim, queria que Deus tivesse me colocado na Terra e dito: “Desce Roberta e vá ser Médica, ou Dentista…”. Mas não tive esta sorte de nascer com um dom visível, aquela criança que já sai da sala do parto com o estetoscópio do médico nas mãos, pois “desde que eu nasci queria ser médico”… Por que não pode ser simples assim? Pois bem, tenho 33 anos e ainda não me descobri como profissional, ainda não sei o que quero ser quando eu crescer…. kkkkkkk…

Mas ok, já me incomodei bastante com essa questão, já chorei bastante também,  e hoje estou deixando o tempo e o vento me levar e vou fazer o que encontro de oportunidades… quem sabe um dia me deparo com a minha “missão” por aí, né?

Por enquanto coloco aquela música que toca lá no fundo da alma e fico sonhando acordada, preenchida de amor e dançando por dentro!!  Lalalalalaiaaaaaaaaaaa……

Obs 1: Este texto foi escrito no comecinho de fevereiro de 2016 e eu já estava grávida (sem saber), ou seja, já estava “preenchida de amor”!! Hoje publico este texto e sinto como mudar de ares, de foco nos deixa mais felizes e faz com que nossos sonhos sejam realizados com mais leveza, sejam realizados porque chegou a hora, porque estamos mais aberto a receber as coisas boas que estão por vir!

Obs 2: Ainda não sei minha missão aqui na Terra, mas o vento e o tempo têm me levado a encontrar cada dia mais uma oportunidade nova de crescer, de amadurecer, de ser uma mãe melhor e com isso, minha missão vem sendo mais concreta, mais completa e mais palpável!!!!

 

Praia de Mellieha, quando eu pensava que éramos somente nós 3!!! Foto arquivo pessoal

 

Um dos paraísos dos nossos fins de semana! Foto arquivo passoal