Conto aqui o relato da primeira noite da “Naninha” do Baby Felipe…

Arquivo pessoal – Expectativa de todas as noites!

Depois de ler e reler a entrevista com a Ana Paula Franz, e pegar várias dicas da “Bom Sono Consultoria” (sigam a página), resolvi colocar em prática a nossa rotina do sono….

Baby Felipe não é um bebê que acorda toda a noite de hora em hora, ele até que nos deixa descansar um pouco sim. Porém, desde que voltamos da maternidade, ficávamos com ele na sala, do nosso lado (dormindo no sofá) até irmos para cama, geralmente, meia noite! Aí, chegávamos no quarto, trocávamos a fralda e eu dava a última mamada da noite, colocamos ele primeiramente, no carrinho, mas não me adaptei de ficar me levantando a toda hora para olhar por cima do carrinho… Então decidimos colocá-lo em nossa cama, mas dormíamos tudo torto, com medo de esmagá-lo a noite, então, colocamos um colchão de solteiro no mesmo nível do nosso, encostado na parede, até que deu certo, mas a disposição dos móveis no quarto ficou muito ruim e decidimos por fim, colocar o próprio bercinho portátil dele, do lado da nossa cama, que era menor que o colchão e assim ficou perfeito! Assim ele dormia, geralmente, até umas 4h da manhã, depois mamava de novo e dormia até umas 7h, mais uma “mamadinha” e aí  sim, ele vinha (e ainda vem) para a nossa cama (já que estamos mais acordados e meu marido logo tem que levantar para ir  trabalhar), e assim ele fica do meu ladinho até ele acordar de vez, umas 9:30h…

Eis que aos 2 meses, promovemos o baby Felipe a “mocinho” e resolvemos começar a fazer a rotina de sono do bebê para dormir sozinho (ainda no nosso quarto, é claro), às 20:30h  – banho, mamar e cama. Porém, logo no primeiro dia ele dormiu muito no período da tarde, mamou às 20h, mas mesmo assim, seguimos com o plano e começamos a função às 20:30h, pensei que ele não ia querer mamar depois do banho, puro engano meu!

Depois do banho quentinho, o colocamos no berço direto (pois ele havia mamado a pouco), isso era 21h, rezamos, cantamos uma música e saímos do quarto (apagando a luz ao sair)… Ficamos os dois que nem duas baratas tontas com a babá eletrônica no ouvido (mas deixamos o kako de guardião no quarto… ele quem pediu, eu juro hehehhe!!!), mas nem precisou muito tempo, deu uns 5 minutos e o Baby Felipe começou a reclamar, queria mamar, óbvio!!!… Então entrei no quarto e dei o peito no escurinho mesmo, o coloquei para arrotar e o deitei novamente no berço às 21:20h (sim, ele mama e arrota bem rápido mesmo) com o bico na boca, ainda acordado… Durou uns 3 minutos quieto e ele reclamou porque o bico caiu da boca, entrei sem fazer barulho, peguei a chupeta e coloquei na sua boca. Saí, ele se acalmou… Mais uns 5 minutos, reclamou de novo… Agora o papai entrou e colocou o bico na boca… Isso já era 21:45h….

Baby Felipe se acalmou de vez, só ouvia-se a respiração pesada (minha porta rangendo hehehe)… às 22h o silêncio tomou conta… Ficamos até preocupados, entrei no quarto bem devagar e escutei a respiração baixinha e tranquila, sono gostoso (sem a chupeta, pois ele só a quer até pegar no sono, depois ele dorme sem)…. Primeira etapa VENCIDA com sucesso, 1h30min de trabalho e meu mocinho dormiu!!! Acreditem se quiser, mas ele dormiu até às 6h da manhã!!! Sucesso total na primeira noite…Sorte de principiante, será??!! hehehe

As noites seguiram todas conforme o planejado, 20:30h começamos a função, ele dorme de vez lá pelas 22h, mas nem todas as noites ele dorme até as 6h não… Ele acorda algumas vezes às 3h, mama e dorme até umas 6:30h ou 7h! E tem vezes que vai até às 6h sim, outras acorda umas 3x na madrugada… e assim vai… Já se passou 2 semanas com essa rotina e temos altos e baixos…

Mas quer saber? Está ótimo, já tiramos da cabeça que não dormiremos 8h seguidas tão cedo e nem dói viu? É algo natural, aprendemos a dormir picado mesmo, 4h ali, mais 3h acolá… O melhor de tudo é que o Baby Felipe não chora (pois é o choro que nos deixa exaustos, no meu ponto de vista), pelo contrário acorda com aquele sorrisão banguela que desmonta qualquer um, resmunga quando demoro um pouco mais, mas só acorda para mamar e assim ele está ótimo, parece que já se adaptou à rotina do sono e sabe que estaremos lá para atendê-lo sempre que precisar!!!

Em um desses dias, ele ficou 1h acordado no berço, sem reclamar, olhando para o vazio no escuro, sei disso porque escutava uns balbucios e resolvi dar uma olhadinha, estava ele lá, sem precisar da gente, só vidrado em seus próprios  pensamentos, se sentindo confiante e depois dormiu, sozinho, calminho,  sem pedir um “help”! Confesso que fiquei com o coração na mão, querendo pegar aquele pedacinho de gente e beijar, beijar, apertar e amassar, mas me contive e caí na real que meu neném já aprendeu a ter seu momento sozinho e até gosta disso! Senti muito orgulho dele e de mim também! E isso me fez ver o quanto essas criaturinhas nos surpreendem, o quanto são capazes de aprender mesmo tão pequenos e como NUNCA devemos subestimar a inteligência deles… São seres em eterna evolução e devemos tratá-los como tal, respeitando seus limites e estando ao lado os apoiando e os amparando sempre que preciso com muito amor, carinho e muitas brincadeiras! É tudo o que precisam, é só o que pedem e tenho certeza que assim, serão pessoas de bem, muito mais felizes e realizadas!

E assim terminamos nosso primeiro desafio… digo que foi um tremendo sucesso! Parabéns aos envolvidos… Mamãe e Papai, Baby Felipe e Kako (que guarda todos os dias o irmão sem falta)!

Que continue assim para melhor… Amém!

Arquivo pessoal – Minha visão todos os dias pela manhã!!!
arquivo pessoal – Um post resumido em uma foto!