“Bons hábitos de sono podem começar assim que o bebê chega da maternidade… A dica mais importante que posso dar é que os pais aprendam a observar o seu filho.
Ana Paula Franz

Arquivo pessoal Ana Paula Franz

Será que o bebê aprende a dormir sozinho se for deixado no berço chorando? O que podemos fazer para criar hábitos saudáveis na hora de ir para cama? Hoje nosso papo é com a mãe de Salto Agulha Ana Paula Franz, mãe do Miguel (7 meses), fisioterapeuta, empresária e consultora do sono Materno-Infantil, pela empresa Bom Sono(@bomsonoconsultoria), nos revela alguns segredinhos de como ter “noites dos sonhos” (literalmente) com nossos pequenos!!

O que fez você escolher ser Consultora do sono materno-infantil? Nos conte um pouco sobre a empresa “Bom Sono”…

Tudo começou quando engravidei e minha maior preocupação era em relação a privação de sono. Comecei a estudar muito sobre o assunto, apliquei o que pude com meu filho, até que no meio dos meus estudos encontrei a profissão de consultora e resolvi me aprofundar ainda mais. Tirei minha certificação internacional pela escola que é referência mundial no assunto e percebi o quanto o sono de um bebê pode ser complexo e ao mesmo tempo apaixonante. E com toda a inspiração que meu filho me deu, nasceu a “Bom Sono Consultoria”, para poder ajudar outras mamães e papais a passarem por essa fase de uma maneira mais leve e tranquila, promovendo qualidade de sono para toda a família.
Os hábitos do sono mudam conforme a rotina da família? Ou a rotina da família muda conforme os hábitos do sono?
As duas coisas hehe. Quando existe uma alteração na rotina familiar, sem dúvida irá interferir no sono. Mas um hábito de sono pode mudar toda a rotina de uma família, como por exemplo, quando o bebê precisa tirar sonecas ou dormir mais cedo.
Pode citar alguns exemplos de hábitos saudáveis do sono? E quais são os hábitos que atrapalham o sono?
Bons hábitos de sono podem começar assim que o bebê chega da maternidade, como por exemplo: manter o barulho normal da casa, diferenciar o dia da noite, adormecer no berço por conta própria, saber diferenciar sinais de fome e de sono. Os maus hábitos podem ser a falta de rotina e as associações negativas de sono.
Sobre “Terror Noturno”, o que é? Há alguma maneira de evitar? O que podemos fazer se acontecer esses episódios?
O terror noturno pode ser bem assustador para os pais, pois a criança pode começar a gritar, chorar, se mover e parecer confusa. Quando acontece não tem muito o que fazer, apenas evitar que a criança se machuque e esperar o episódio passar. Não existe nada comprovado que evite o terror noturno, porém, atividades relaxantes antes de dormir podem ajudar.
Devemos colocar o bebê no berço ainda acordados? E se ele chorar, devemos deixá-lo lá até dormir sozinho? Ou o que podemos fazer nesses casos?
Sempre que possível o bebê deve ir acordado ou sonolento para o berço. Em caso de choro nunca devemos deixar um bebê sem acolhimento, porém, preciso me abster de dar dicas porque as crianças são muito diferentes  uma das outras, e por isso, meu trabalho é totalmente personalizado.Preciso levar em conta vários aspectos, como o ambiente de sono e pré-sono, a dinâmica familiar, o temperamento do bebê, o perfil dos pais, etc. Ou seja, a dica que dou para um, pode ser completamente inadequada para outro. Hoje temos muitas informações na internet e, infelizmente, muitas delas não são corretas ou são muito generalistas, isso acaba deixando os pais confusos. Portanto, a dica mais importante que posso dar, é que os pais aprendam a observar o seu filho.
Quando devemos começar a criar um ritual do sono do bebê? E qual é o melhor horário para se fazer esse ritual? Isso muda conforme a criança vai crescendo?
Os rituais podem ser introduzidos desde as primeiras semanas de vida do bebê. O ideal é começar o ritual antes da criança começar a ficar exausta, mas suficientemente cansada para dormir com facilidade. Quanto maior a criança, mais longo deverá ser o ritual.
Se a criança dorme apenas no colo dos pais até os 2 anos, por exemplo, é possível ainda mudar os hábitos?
Com certeza. Atendo crianças de 0 a 5 anos e desde que o problema de sono seja apenas comportamental, é possível sim.
Durante o dia o bebê pode adormecer no sofá ou naqueles balancinhos? Ou devemos SEMPRE colocá-lo no berço para dormir?
O bebê pode dormir em lugares diferentes durante as sonecas sem problema nenhum, porém, assim como nós adultos, algumas pessoas podem ter mais dificuldade em relaxar em certos ambientes. É preciso analisar o que o bebê gosta e se sente confortável, porque o mais importante é que ele consiga ter um sono restaurador.
Como ajudar o bebê a diferenciar o dia e a noite? Devemos deixar o bebê dormir durante o dia quantas horas ele quiser? Até qual idade?
Precisamos expor ele a luz natural do dia e escurecer a noite. Cada bebê tem necessidades próprias de sono que variam conforme a idade. A quantidade de horas que ele deverá dormir durante o dia deve ser avaliada, pois o sono noturno interfere no sono do dia, assim como o dia interfere no sono da noite.
É bom colocar músicas relaxantes (ou ruído branco) para o bebê dormir? Devemos deixar uma luz indireta acesa durante a noite? Ou isso atrapalha o sono do bebê?
Segundo estudos, o ruído branco é muito bom para auxiliar no sono tanto de bebês quanto de adultos, porque seu barulho contínuo faz “relaxar” o cérebro e também ajuda a isolar barulhos externos. Já o ambiente da noite deve ser tão escuro que não se possa ver a palma da mão, isso porque o pálpebra do bebê é muito fina e qualquer luz pode enviar uma mensagem para o cérebro interromper a produção de melatonina (hormônio do sono), transformando a hora do sono em um grande desafio.
Você acha que dormir bem está relacionado com o comportamento das crianças? Quanto melhor o sono mais calmas e bem comportadas elas se tornam?
Sem dúvida é um fator muito importante a ser levado em consideração. Uma criança que não dorme bem fica muito irritada e cansada durante o dia, além de outros problemas. Estudos mostram que as crianças com privação de sono ficam mais suscetíveis a gripes, podem ter problemas de aprendizado em idade escolar, estão sujeitas a obesidade e podem ser crianças mais ansiosas e emocionalmente instáveis.
Como você gostaria que seu filho se lembrasse de você no futuro?
Espero que ele lembre sempre com muito orgulho de mim, por todos os valores e bons exemplos que quero passar para ele.
Para você, ser Mãe de Salto Agulha é…
Ser uma mulher em constante busca do equilíbrio, conciliando os diversos papéis que precisamos exercer no dia a dia da melhor forma possível.
Arquivo pessoal Ana Paula Franz